Como superar a falta de motivação?

US-Unmotivated-Employees

Não é raro encontrar profissionais desmotivados. Um levantamento divulgado há cerca de dois anos pela consultoria Towers Watson, no Estudo Global sobre Força de Trabalho, apenas 28% dos brasileiros entrevistados disseram se sentir motivados em suas funções. É um número alarmante e revela uma fragilidade que pode comprometer e muito os resultados de qualquer organização. Mas esse ainda é um tema deixado em segundo plano ou mal compreendido por boa parte dos gestores.

Uma pergunta precisa ser o primeiro passo para resolver o problema: De quem é a culpa pela desmotivação? Do profissional? Da empresa? Às vezes, profissionais desmotivados são consequências da própria organização, seja por políticas equivocadas de gestão de pessoas ou a falta de uma liderança adequada.

As razões para a perda da motivação podem ser das mais variadas. Pode pesar a falta de feedback entre profissional e empresa, não conseguir implementar alguma ideia ou projeto, problemas de relacionamento, pressão exagerada por resultados, responsabilidades muito abaixo (ou acima) de seu potencial, ausência de planos de carreira e outros.

Nem sempre, porém, o problema está nas empresas. Às vezes, uma decisão errada do profissional na escolha da carreira pode torná-lo desmotivado com o trabalho que exerce. Em casos assim, nem todos os benefícios, bônus ou aumento de salário vão torná-lo plenamente satisfeito.

Que tal participar de 12 workshops online por ano?
Torne-se um Administrador Premium
Ações motivacionais são mais importantes do que os empresários podem imaginar. Um colaborador desmotivado rende mal. Vários nessa situação podem gerar resultados desastrosos e comprometer não só o faturamento, mas também o desempenho geral da empresa.

Nesse sentido, o líder tem papel fundamental. Ele tem que identificar os motivos da desmotivação e buscar soluções, conversando de maneira franca com os colaboradores, de maneira individualizada, obviamente, para evitar expor entre todos os problemas de cada um.

Matéria do site Administradores.com

Share on LinkedInShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someoneCompartilhe
Comente: