Como as pessoas bem-sucedidas conseguem manter a calma

keep-calm-and-supere-essa-capa

A habilidade de controlar suas emoções e se manter calmo quando há pressão está diretamente ligada a sua performance. Uma pesquisa da TalentSmart com mais de um milhão de pessoas descobriu que 90% dos melhores profissionais sabem controlar suas emoções em momentos de estresse.

O problema do estresse (e também da ansiedade) é que ele é uma sensação necessária. Nosso cérebro é ligado de uma maneira que é difícil agir até atingir um certo nível desse estado emocional. Inclusive, a performance aumenta em níveis moderados de estresse. Desde que não seja prolongado, não faz mal.

Uma nova pesquisa da Universidade da Califórnia revela os lados positivos do estresse moderado. No entanto, também reforça a importância de controlar essa sensação. O estudo, conduzido pela aluna de pós-doutorado Elizabeth Kirby, descobriu que o estresse estimula o cérebro a produzir novas células, responsáveis por melhorar a memória. No entanto, esse efeito só é possível se o momento de estresse tem hora para acabar. Quando o estresse continua, ele tira essa capacidade de desenvolver novas células.

“Eu acredito que eventos estressantes que acontecem com determinados intervalos, são importantes para manter o cérebro mais alerta. Você também terá uma performance melhor, assim”, afirmou Kirby.

Em animais, esse tipo de estresse é vivenciado de maneira física, quando eles se sentem ameaçados por algo na natureza. Há muito tempo, esse também era o caso dos humanos. Como a nossa mente se desenvolveu sua complexidade, nós passamos a nos preocupar mais, o que frequentemente prolonga o estresse.

Além de aumentar os riscos de doenças cardíacas, depressão e obesidade, o estresse diminuiu sua performance cognitiva. Felizmente, a não ser que um leão esteja te perseguindo, o controle do estresse está nas suas mãos.

Os melhores profissionais têm estratégias de enfrentamento bem afiadas que eles empregam em circunstâncias estressantes. Isso diminui os níveis de estresse não importa o que esteja acontecendo, garantindo que o estresse que eles experienciaram é intermitente e não prolongado.

Existem várias estratégias que pessoas bem sucedidas adotam para encarar o estresse e as seguintes são as dez melhores. Algumas dessas estratégias parecem óbvias, mas o verdadeiro desafio é reconhecer quando você precisa usá-las e ter os meios necessários para isso, mesmo quando estiver nervoso.

1 - Elas apreciam o que possuem
Tirar um tempo para contemplar o que possui não é apenas o certo a fazer. Também melhora o seu humor, por que reduz o hormônio do estresse, o cortisol, em 23%. Os pesquisadores da Universidade da Califórnia descobriram que as pessoas que cultivam uma atitude de gratidão possuem um humor melhor, mais energia e bem estar físico. É como se os níveis baixos de cortisol tivessem um papel ampliado nessa questão.

2 - Elas evitam perguntar “e se”?
“E se?”. Essa frase é combustível no fogo do estresse e preocupação. As coisas podem tomar diferentes direções, e quanto mais tempo você dedica se preocupando com as possibilidades, mais tempo você passará focando e tomando atitudes que deverão te acalmar e manter seu estresse controlado. Pessoas calmas não perguntam “e se?”, apenas se isso levá-los a um lugar que eles não querem - ou precisam - ir.

3 - Elas têm uma atitude positiva
Pensamentos positivos ajudam a reduzir o tempo de estresse, focando a atenção do cérebro em algo completamente livre de estresse. Você precisa dar algo positivo para a sua mente pensar. Qualquer pensamento positivo deverá mudar o foco da sua atenção. Quando as coisas vão bem, e seu humor é bom, isso é relativamente fácil. Quando as coisas vão mal, e sua mente é inundada por pensamentos negativos, isso pode ser um desafio. Nesses momentos, pense no seu dia e identifique algo positivo, não importa se for algo pequeno. Se você não consegue pensar algo daquele dia, pense nos dias ou semanas anteriores.

Ou talvez um evento legal para o qual você está ansioso. O importante é focar a sua atenção para outra coisa quando os pensamentos ficarem negativos.

4 - Elas desconectam
Dada a importância de manter o estresse intermitente, é fácil ver como regular o tempo nos gadgets é um fator chave nesse processo de controle. Quando você está disponível para o trabalho 24 horas por dia, você se expõe a muitos fatores estressantes. Force você mesmo a ficar offline e desligue seu celular, dê um tempo ao seu corpo dessa fonte constante de estresse. Estudos mostram que algo simples como umas férias do e-mail pode diminuir os níveis de estresse.

A tecnologia permite uma comunicação constante e a expectativa de que você deve estar disponível 24 horas por dia. É extremamente difícil aproveitar um momento livre de estresse fora do trabalho, quando um e-mail que você está trocando é sobre isso. Se largar de qualquer meio de comunicação relacionado ao trabalho é um desafio muito grande para você, então que tal no fim de semana? Escolha blocos de tempo onde você pode cortar e corda e ficar offline.

Você ficará impressionado sobre como esses intervalos são bons e como eles reduzem o estresse colocando um carregador mental na sua rotina semanal. Se você está preocupado com as repercussões negativas desse passo, primeiro tente fazer isso em horários em que você provavelmente não é contactado - talvez em um domingo pela manhã. À medida que você vai ficando mais confortável em relação a isso e seus colegas de trabalho passarem a aceitar esse tempo que você passa offline, gradualmente, aumente a quantidade de tempo que você passa longe da tecnologia.

5 - Elas limitam o consumo de cafeína
A cafeína libera adrenalina, fonte daquela resposta do seu corpo “brigar ou correr”. Um mecanismo de sobrevivência que te obriga a tomar uma atitude diante de uma ameaça. Ele é ótimo quando um urso está perseguindo você, mas não tão bom quando é preciso responder um e-mail. A cafeína coloca sua mente em estado de estresse e as emoções tomam contam do seu comportamento.

6 - Elas dormem
Eu tenho lembrado da importância de dormir para a inteligência emocional há muito tempo. Quando você dorme, seu cérebro recarrega e revisa as lembranças do dia, guardando ou descartando histórias (o que é responsável pelos sonhos), para que você tenha um alerta para acordar e limpe sua mente. Seu autocontrole, atenção, e memória serão reduzidos quando você não dormir bem. Se privar do sono aumenta os níveis de estresse, mesmo sem que exista um estressor. Alguns projetos fazem com que você sinta que não há tempo para dormir, mas é uma boa noite de sono é que vai manter os seus problemas sob controle.

Elas não falam mal de si
Um grande passo para controlar o estresse é parar de falar negativamente de si. Quanto mais você vomita pensamentos negativos, mais poder você dá a eles. Maior parte dos seus pensamentos negativos é apenas isso, pensamentos. Quanto mais você coloca para fora, mais poder você dá a eles. Quando você estiver acreditando nas vozes negativas da sua mente, é hora de parar e escrever.

Literalmente pare e escreva o que você está pensando. Uma vez que você estiver diminuindo o protagonismo dos pensamentos negativos, você ficará mais racional e com a mente mais aguçada para avaliar a veracidade deles. Avalie essas frases e veja se elas são factuais. Pode ter certeza que elas não são, sempre que existir a presença de palavras como nunca, sempre ou pior.

Se suas questões continuarem parecendo fatos no papel, converse com um amigo e veja se essa pessoa concorda com essa perspectiva. A verdade sempre vem à tona. Sempre que você sentir que algo sempre ou nunca acontece, essa é a reação natural do seu cérebro a ameaças. Ele tende a inflar a percepção de frequência e gravidade de um evento.

Identificar e rotular seus pensamentos como pensamentos, os separando dos fatos te ajudará a escapar do ciclo da negatividade e seguir em frente para uma postura nova e otimista.

Estresse e preocupação são impulsionados pela sua própria percepção dos eventos. É fácil pensar que deadlines impossíveis, chefes sádicos e um trânsito fora de controle são motivos para estar sempre estressado. Você não pode controlar os problemas, mas como responde a eles. Então, antes de gastar muita energia brigando por algo, pense um minuto e tente colocar as coisas em outra perspectivas.

Se você não sabe quando deve agir assim, tente encontrar pistas de que sua ansiedade não é proporcional ao seu estressor. Se você está pensando frases como “tudo está dando errado” ou “nada vai funcionar”, então você precisa reformular a situação. Uma boa maneira de corrigir esse filosofia contraprodutiva é listar as coisas específicas que não estão funcionando. É provável que você pense em apenas alguns fatores e a força dos estressores vai parecer bem mais limitada que inicialmente.

7 - Elas respiram
A maneira mais fácil de fazer um estresse desaparecer é respirar. Tirar um momento a sós com a sua respiração ajuda a mente a focar na tarefa e tira o peso do estresse da suas costas. Quando você estiver nervoso, tire alguns minutos para respirar. Feche a porta e se afaste de outras distrações e sente para respirar.

Parece simples, mas é difícil fazer isso por um minuto ou dois. Não há problemas em ser confrontado com pensamentos, isso com certeza acontecerá no começo e você só precisa focar na respiração. Se isso exigir um grande esforço, tente contar cada respiração de dentro para fora, faça isso contando ao menos até 20, e então recomece do 1. Não se preocupe se perder a conta. Você sempre pode recomeçar.

Essa tarefa pode parecer muito fácil ou até boba, mas você se surpreenderá com a calma que sentirá após processo e sobre como é fácil esquecer as distrações que ficam na sua mente.

8 - Elas utilizam o sistema de apoio
É tentador, ainda assim ineficiente, tentar fazer tudo sozinho. Para ser calmo e produtivo, você precisa reconhecer suas fraquezas e pedir ajuda quando necessário. Isso significa confiar no seu sistema de apoio quando a situação for mais difícil. Todos possuem alguém em que confiar no trabalho ou no time, torcendo por ele e pronto para ajudar a tirar o melhor de cada situação. Identifique quem são esses indivíduos na sua vida e se esforce para encontrar a ajuda que precisa. Algo simples como conversar sobre as suas preocupações já é uma maneira de colocar para fora suas preocupações. Outras pessoas conseguem ver soluções diferentes para os problemas por que não estão envolvidos emocionalmente com a situação. Pedir ajuda é uma forma de diminuir o estresse das suas relações.

Matéria do site Administradores.com

Share on LinkedInShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someoneCompartilhe
Comente: